Voltar à lista de Rádios AM Voltar à Página Principal

MANCHETE AM - 760 kHz

OS TROCENTOS RENASCIMENTOS DA MANCHETE AM

Escrito em 1º de novembro de 2015.

Manchete AM firma parceria com Eldorado/ESPN

Manchete AM

Esta estação entrou o ar nos anos 60, como uma rádio rock: a Federal AM. Esta acabou em 1973, dando lugar à Manchete AM, do grupo Bloch.

Quando integrou o grupo Manchete, esta rádio fez história, com comunicadores populares, como Paulo Bob, Roberto Canazio, Kléber Sayão, Alexandre Ferreira, Marcos Fraga, Mário Belisário, Evil Mendonça, Edmo Luiz, Marcelo Figueiredo, Ricardo Campello, Jair Lemos, Cezar Severo, Rodolfo Paul, Carlos Sigelmann e Cidinha Campos, esta mais recentemente.

A falência do grupo Bloch levou junto a Manchete AM, que passou os anos 90 à míngua. Um jornalista e empresário carioca, Jair Marquesini, arrendou a emissora, criando a Manchete CCI. Mas teve que parar, pois não queria pagar o que os herdeiros de Adolfo Bloch queriam por mês.

De janeiro de 2002 a 30 de julho do mesmo ano, quem arrendou a Manchete AM foi o grupo Dial, que tem vários sócios, entre os quais Marlene Mattos e Luciano Huck. Eles reativaram a emissora, com investimento pesado. Contrataram comunicadores de porte, como Cidinha Campos, Wagner Montes e Mário Esteves, e uma equipe de esportes que só cobria o Flamengo.

Por incompetência, este grupo Dial tentou vender anúncios da Manchete AM para os mesmos anunciantes da outra emissora que eles tinham arrendado, a Jovem Pan FM 102,1. Obviamente, não conseguiram anunciantes, e ficaram sem verba para pagar os cerca de US$ 25 mil (R$ 80 mil em 30/7/2002) mensais do arrendamento, para o grupo Bloch. Só a equipe flamenguista de esportes conseguia anunciantes fixos.

O grupo Dial devolveu a rádio para o falido grupo Bloch. Em conseqüência, todos os comunicadores e seus programas foram excluídos da Manchete AM, que passou a tocar sucessos populares o dia inteiro, sem vinhetas ou anúncios.

Pedro Jack Kapeller passou a negociar a rádio para possíveis novos arrendatários. Inclusive a Canção Nova, que não aceitou o preço da mensalidade. A Manchete AM só foi arrendada no ano seguinte.

No dia 1º de abril de 2003, justamente o Dia da Mentira, entrou no ar a programação da arrendatária: a rede da "Voz da Libertação", da Igreja Pentecostal Deus é Amor.

Em meados de 2006, a Igreja Deus é Amor deixou a Manchete AM. O grupo Bloch, sem ter o que colocar no ar, resolveu transformar a rádio num vitrolão, com programação gerada diretamente do parque de transmissão.

Só que o mais prosaico aconteceu: a programação do vitrolão consistia no melhor da música brasileira de todos os tempos: MPB de qualidade, samba de raiz e alguns destaques do rock brasileiro dos anos 80, como Barão Vermelho e Ira!. Uma programação extremamente alternativa, como o da saudosa Federal AM. Sempre no horário de 7 a 21h. De 21 a 7h, os transmissores eram desligados.

Enquanto isso, o grupo Bloch negociou o arrendamento ou venda da Manchete AM para diversos grupos. Entre eles, o grupo de Carlos Massa, dono de várias rádios do Paraná.

Mas quem conseguiu arrendar a emissora, no meio do ano, foi o grupo Nasser Comunicação.

A nova programação eclética criada pelo grupo Nasser entrou no ar oficialmente no dia 1º de agosto de 2006, após alguns poucos dias de testes, com programas esporádicos levados ao ar no meio da nova programação musical eclética.

A enésima nova Manchete AM tinha locutores, noticias, esportes, música e vários outros itens de uma rádio de verdade.

A programação da Manchete AM sob o grupo Nasser foi encerrada em 31 de outubro de 2015. Em 1º de novembro de 2015 foi colocado no ar um vitrolão.

Manchete AM firma parceria com Eldorado/ESPN

Este texto foi publicado no dia 26 de abril de 2010 no blog
Brasil Rádio News:

Plantão Urgente: Rádio Eldorado/ESPN chega ao Rio de Janeiro

Da redação

Rio de Janeiro, RJ – As rádios Eldorado/ESPN (AM 700 kHz e FM 107, 3 MHz) e Manchete (AM 760 kHz) confirmam o acerto para transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro e a Copa do Mundo 2010.

O projeto da rede paulista chegar ao Rio de Janeiro vem do carioca José Trajano - diretor de esportes da Rede Eldorado/ESPN - e de Miguel Nasseh - diretor geral da Rádio Manchete - que se realiza com a parceria entre a Manchete e a Eldorado/ESPN.

A carioca “fã de esportes” vai ouvir na Rádio Manchete/ESPN as principais transmissões dos jogos do Mundial Fifa na África do Sul na voz de narradores consagrados como Reinaldo Costa e Paulo Soares.

Comentaristas José Trajano, Paulo Vinicius Coelho, Paulo Calçade e Mauro Cezar Pereira.

Fonte: Rádio Manchete.


DADOS DA RÁDIO

Entrada no ar da antiga Manchete AM: 1973

Sede da outorga: Niterói

Voltar ao Início Voltar à lista de Rádios AM Voltar à Página Principal